IGP-M: o que é e como ele impacta os seus investimentos

test

O universo dos investimentos é vasto e repleto de nuances, e compreender os índices econômicos é fundamental para tomar decisões. Entre esses índices, o IGP-M se destaca como um indicador essencial para investidores. 


 

Neste artigo, vamos explorar o que é o IGP-M, para que ele serve e como é calculado, os tipos existentes, a diferença em relação ao IPCA e, crucialmente, como esse índice impacta diretamente seus investimentos. Além disso, ao final, discutiremos por que os empreendimentos da Construtora Canopus se destacam como excelentes opções de investimento.

O que é o IGP-M

O Índice Geral de Preços do Mercado, conhecido como IGP-M, é um indicador econômico brasileiro que mede a variação dos preços de bens e serviços desde a produção até o consumo final. Ele é calculado mensalmente pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e é amplamente utilizado como referência para reajuste de preços e contratos, especialmente no setor imobiliário.

Para que ele serve

O IGP-M desempenha um papel de extrema importância no cenário econômico brasileiro. Uma de suas principais funções é servir como referência para a correção monetária de uma variedade de contratos, incluindo aluguéis, financiamentos e títulos de dívida. A sua aplicação nessas transações é fundamental para garantir que os valores envolvidos mantenham o poder de compra ao longo do tempo, ajustando-se às flutuações econômicas.


Além disso, o IGP-M é frequentemente utilizado como indicador para a precificação de ativos financeiros e na gestão de investimentos. Investidores e gestores de carteira atentos ao comportamento desse índice podem tomar decisões estratégicas mais embasadas, ajustando suas posições conforme as tendências inflacionárias. Isso confere ao IGP-M uma relevância significativa no âmbito das finanças pessoais e corporativas, permitindo uma adaptação proativa às condições econômicas em constante evolução.

Em resumo, o IGP-M é uma ferramenta valiosa para a gestão financeira, proporcionando estabilidade e transparência em diversas transações e investimentos. Ao mesmo tempo em que serve como um guia precioso para a tomada de decisões estratégicas no universo econômico.

Como o IGP-M é calculado

O cálculo do IGP-M envolve a soma de três subíndices representativos de diferentes setores da economia. Cada um desses índices representa uma fatia específica da economia, proporcionando uma visão abrangente da variação de preços.

Vamos desdobrar o processo:

  • Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA): Este subíndice representa a fase inicial da produção, medindo a variação nos preços de bens e serviços, desde matérias-primas até produtos semi-acabados. A soma é realizada considerando a participação desses itens no Valor Bruto da Produção.
  • Índice de Preços ao Consumidor (IPC): Focado na perspectiva do consumidor final, o IPC mede a variação de preços de bens e serviços consumidos pelas famílias. Itens como alimentação, habitação, transporte, educação e saúde são cuidadosamente somados de acordo com seu peso no orçamento familiar.
  • Índice Nacional de Custo da Construção (INCC): Esse subíndice reflete as mudanças nos custos associados à construção civil. Ele inclui materiais de construção, mão de obra e despesas administrativas, proporcionando uma visão específica do setor imobiliário.


A partir desses três subíndices, o IGP-M é calculado com base em suas respectivas participações no índice geral. A ponderação de cada componente reflete a sua importância relativa na economia, garantindo que o índice final seja representativo e sensível às mudanças nos diferentes setores.

Tipos de IGP

Dentro da família de índices econômicos, o IGP apresenta diferentes variações, cada uma adaptada a necessidades específicas e contextos particulares. Vamos explorar os principais tipos de IGP e suas características distintivas:

IGP-DI (Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna): 

Este índice abrange os mesmos três subíndices do IGP-M, porém, com uma frequência de coleta de dados diferente. O IGP-DI é calculado mensalmente, mas utiliza uma janela de coleta de preços diferente daquela do IGP-M. Apesar dessas diferenças temporais, ambos são indicadores de inflação amplamente utilizados.

IGP-10: 

O IGP-10, assim como o IGP-M, é calculado mensalmente, mas reflete os preços coletados nos primeiros 10 dias do mês. Este índice é considerado uma prévia do IGP-M, oferecendo uma visão antecipada das tendências inflacionárias.

Diferença entre IGP-M e IPCA

Enquanto o IGP-M mede a variação de preços desde a produção até o consumo final, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) foca exclusivamente nos preços ao consumidor. Ambos são essenciais, mas suas aplicações variam.


As principais diferenças entre esses dois indicadores são a abrangência dos Bens e Serviços.
 

O IGP-M abrange uma gama mais ampla de bens e serviços, desde a produção até o consumo final. Ele incorpora não apenas os preços ao consumidor, mas também os custos de produção e construção, tornando-se sensível a mudanças em diferentes setores da economia.

Por outro lado, o IPCA concentra-se especificamente nos preços ao consumidor, avaliando a variação de custos de um conjunto definido de produtos e serviços consumidos pelas famílias brasileiras.

Como esse índice impacta seus investimentos

O IGP-M influencia diretamente os investimentos, especialmente aqueles atrelados a contratos de longo prazo. Investidores devem estar atentos às oscilações desse índice para tomar decisões estratégicas, como a diversificação da carteira ou ajustes em investimentos indexados a ele.

 

Construtora Canopus: Excelência em Investimentos


Vale ressaltar por que os empreendimentos da Construtora Canopus se destacam como excelentes investimentos. Com uma sólida reputação, foco na qualidade construtiva e inovação, a Canopus oferece oportunidades de investimento imobiliário que resistem às flutuações do mercado, com empreendimentos presentes nas melhores localizações de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.


O IGP-M é mais do que um simples índice; é uma ferramenta valiosa para investidores que buscam compreender e antecipar as mudanças econômicas. 


Ao entender o papel desse índice e como ele impacta os seus bens, os investidores podem tomar decisões mais informadas e, ao considerar empreendimentos como os da Construtora Canopus, podem potencializar ainda mais suas chances de ganhos a longo prazo.
 

Conheça nossos empreendimentos. Entre em contato com nossos especialistas ou acesse nossa página para investidores.


 

Compre seu Canopus

Estamos prontos pra tirar todas as suas dúvidas. Entraremos em contato o mais rápido possível.Fale Conosco

Conheça a linha Today Smart Life

Logo da Canopus
Acompanhe a Canopus nas redes sociais
Endereços

Belo Horizonte
Fone: (31) 3281-7070
R. Maria Luiza Santigo, 200
23° andar Ed. Century Tower
Santa Lúcia

São Paulo
Fone: (11) 3044-3030
Rua Fidêncio Ramos, 302
6° andar, Conj. 64, Torre B
Vila Olímpia

Rio de Janeiro
Fone: (21) 3299-8900
Av. das Américas, 3.500
Ed. Hong Kong 2000 Bloco 6, Grupo 501 - Le Monde Office
Barra da Tijuca

Mapa do site
Assessoria de imprensa

(11) 2305-9610
(11) 97626-3522
Angélica Kernchen